Noticias Sobre a DEFII

Leia as Últimas Notícias Sobre Nós

Defii recebe comitivas do Ministério da Defesa

No dia 13 de junho de 2018 a Defii recebeu uma comitiva do Ministério da Defesa e do Comando Militar do Sul, a visita teve como principal missão avaliar o potencial da empresa e conhecer seus produtos.

A visita a Santa Maria durou toda a semana, nesse período a comitiva conheceu as demais empresas formadoras do polo de Defesa e Segurança de Santa Maria com o intuito de avaliar o potencial e as possibilidades para o desenvolvimento do ecossistema industrial de defesa e segurança.

Outra comitiva, em visita no mês de Abril, teve como objetivo inspecionar as instalações, avaliar os produtos e verificar a manutenção da classificação da Defii como Empresa Estratégica de Defesa.

Nas duas visitas as comitivas sairão muito impressionadas com o potencial inovador da Defii.

Visita do MD e CMS a Defii   

 

 

   Visita de inspeção do Ministério da Defesa

 

 

Site Industria de Defesa e Segurança publica matéria sobre a DEFII

 

DEFII é primeira microempresa a conquistar classificação de Empresa Estratégica de Defesa, diz o Site, confira a reportagem na integra em:

    http://defesaeseguranca.com.br/defii-e-primeira-microempresa-a-conquistar-classificacao-de-empresa-estrategica-de-defesa/

 

 

 

O site www.defensa.com no dia 17 de novembro de 2017 cita a DEFII, leia a reportagem na integra em:

http://www.defensa.com/brasil/gobierno-brasileno-garantiza-recursos-para-simuladores-militares

 

 

 

 

DEFII participa do III Seminário Internacional de Defesa

A DEFII participou do III Seminário Internacional de Defesa do Polo de Defesa e Segurança de Santa Maria. Na ocasião o Ministro da Defesa Raul Jungmann e o Ministro Chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, General de Exército Sérgio Etchegoyen e delegações de Exércitos de outros países visitaram o Stand da DEFII.

Esse foi o primeiro evento que a DEFII participou como Empresa Estratégica de Defesa.

O evento ocorreu nos dias 08 a 10 de novembro de 2017 no Business Center Beira Rio no Recanto Maestro.

Ministro da Defesa Raul Jungmann conhecendo os produtos da Defii

 

Ministro Chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, General de Exército Sérgio Etchegoyen visita o stand da DEFII.

 

 

   

Adido do Uruguai visita o stand da Defii no III Seminário de Defesa e Segurança

 

 

 

 

DEFII é noticia no site da revista Tecnologia e Defesa

 

Empresa do APL Polo de Defesa e Segurança de Santa Maria (RS) é declarada EED.

Fonte: http://tecnodefesa.com.br/empresa-do-apl-polo-de-defesa-e-seguranca-de-santa-maria-rs-e-declarada-eed/

 

Aprovada pela Comissão Mista de Indústrias de Defesa (CMID) para a Base Industrial de Defesa, a DEFII Ateliê de Software (Melgarejo Sistemas Digitais Ldta) e outras 7 empresas passaram a constar no cadastro de Empresas Estratégicas de Defesa Nacional.

A inclusão destas empresas visa  fomentar a Indústria de Defesa Nacional e promover a integração entre o MD e órgãos e entidades públicos e privados em relação à BID.

Assinada em 19 de setembro, a Portaria nº 3.436/GM/MD que descreve as aprovações que passaram a acrescer as listas de Empresas Estratégicas de Defesa e Produtos Estratégicos de Defesa foi publicada em Diário Oficial da União no dia 09 de outubro de 2017.

Segundo a publicação, a empresa componente do APL também passou a incorporar o cadastro de Produtos Estratégicos de Defesa, com o CBT da VBC CC Leopard 1 A5 Br.

defO produto é descrito pela empresa como “um ambiente de aprendizagem criado sob medida para os quadros do Exército Brasileiro levando em consideração a metodologia educacional do EB e focada em resultados.

Ao final de cada módulo, o aprendizado do aluno é verificado por meio de jogos, o que oferece um maior grau de interação dos alunos com o objeto de estudo, ou seja, o Carro de Combate”.

Conheça a lei:

Buscando dispor sobre regras de incentivo à área estratégica de defesa, a Lei nº12.598, de 21 de março de 2012, estabelece normas especiais para as compras, as contratações e o desenvolvimento de produtos e de sistemas de defesa. Mediante ela:

“subordinam-se ao regime especial de compras, de contratações de produtos, de sistemas de defesa, e de desenvolvimento de produtos e de sistemas de defesa, além dos órgãos da administração direta, os fundos especiais, as autarquias, as fundações públicas, as empresas públicas e privadas, as sociedades de economia mista, os órgãos e as entidades públicas fabricantes de produtos de defesa e demais entidades controladas, direta ou indiretamente, pela União, pelos Estados, pelo Distrito Federal e pelos Municípios”. 

É assim que, para os efeitos desta Lei, são consideradas como Empresa Estratégica de Defesa – EED – a pessoa jurídica credenciada pelo Ministério da Defesa mediante o atendimento cumulativo de rígidas condições:

  1. ter como finalidade, em seu objeto social, a realização ou condução de atividades de pesquisa, projeto, desenvolvimento, industrialização, prestação dos serviços referidos no art. 10, produção, reparo, conservação, revisão, conversão, modernização ou manutenção de PED no País, incluídas a venda e a revenda somente quando integradas às atividades industriais supracitadas;
  2. ter no País a sede, a sua administração e o estabelecimento industrial, equiparado a industrial ou prestador de serviço;
  3. dispor, no País, de comprovado conhecimento científico ou tecnológico próprio ou complementado por acordos de parceria com Instituição Científica e Tecnológica para realização de atividades conjuntas de pesquisa científica e tecnológica e desenvolvimento de tecnologia, produto ou processo, relacionado à atividade desenvolvida, observado o disposto no inciso X do caput;
  4. assegurar, em seus atos constitutivos ou nos atos de seu controlador direto ou indireto, que o conjunto de sócios ou acionistas e grupos de sócios ou acionistas estrangeiros não possam exercer em cada assembleia geral número de votos superior a 2/3 (dois terços) do total de votos que puderem ser exercidos pelos acionistas brasileiros presentes; e
  5. assegurar a continuidade produtiva no País.

Receba Conteúdo Exclusivo da DEFII

Se você deseja saber mais sobre Treinamento Empresarial, Simulação, Gamificação e tendencias em Treinamento e Educação inscreva-se abaixo e receba conteúdo exclusivo para assinantes. Ao Cadastrar-se Você Receberá um E-Book sobre as principais tendências para o Treinamento Empresarial.